segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Estudantes em luta

.
Os estudantes estão em luta.

Aparentemente o que precisam é de faltas e educação sexual. E já agora uns charros e umas cervejas.

Entrevistado pela SIC, um dos manifestantes atirava hoje com indignação: “Isto é uma bergonha, não darem mais faltas à gente. A malta quer é faltar. Somos jovens, precisamos de faltas”.

Ora aí está uma luta com pernas para andar.

E que tal um bacanal na aula de educação sexual?

João Castanheira

2 comentários:

t_verde disse...

Bem apesar de não concordar com a forma dos protestos, permitam-me discordar deste post. Pessoalmente acho que nem todos os estudantes são iguais, e de facto, o regime das faltas parece-me absurdo. Não porque ache que os estudantes podem faltar sempre que quiserem, mas porque acho que seria sensato diferenciar faltas justificadas das injustificadas...

JC disse...

Tem razão. Julgo que essse aspecto já foi corrigido. O post é uma brincadeira à confusão que vai na cabeça de alguns dos nossos jovens. Porque a transcrição das palavras do manifestante é real. O que o gajo queria era faltar e não era para ir ao médico...