sexta-feira, 20 de março de 2009

A Lei das Armas


A nova Lei das Armas, aprovada ontem na Assembleia da República pelo Partido Socialista, baixa a idade mínima para porte de arma de 18 para 16 anos. Parece brincadeira mas não é.

Aos adolescentes, não reconhecemos maturidade suficiente para conduzirem um carro ou para votarem. Mas o PS acha-os suficientemente preparados para andarem armados.

Nesta loucura legislativa, que ameaça mergulhar o país no caos, eu proponho que a idade para porte de arma baixe para os 3 anos. Passaremos a deixar os nossos filhos na cresce com uma pistola à cintura. Das verdadeiras e não daquelas de fulminantes.
.
João Castanheira

2 comentários:

t_verde disse...

Gostava de acreditar que era mesmo brincadeira... Ou que tal facto é apenas um regime de excepção para atletas olímpicos...

ambatata disse...

O problema não é a idade é forma e o destino que se dá às armas. Eu comecei aos 16 e gostaria, se assim o quiserem, que os meus filhos fizessem o mesmo. O problema não está em quem tem armas legais. O problema está em todos poderem adquirir armas ilegais sem controlo e essas sabemos que as tem. Este ano a PSP não revalidou 1 (uma) única autorização de uso e porte de arma de defesa. Estamos a desarmar quem tem direitos e armamos os bandidos